25 / 04 / 2017

Ronda Rousey e Cruz recebem 45 dias de suspensão médica após UFC 207

Ex-campeões ganham gancho após derrotas para Amanda Nunes e Cody Garbrandt, respectivamente. Brasileiros Alex Cowboy e John Lineker ganham gancho de 180 dias

Nesta terça-feira, a Comissão Atlético de Nevada (NSAC) emitiu as suspensões médicas obrigatórias para lutadores do UFC 207, realizado na última sexta-feira, dia 30 de dezembro, em Las Vegas. Foram 11 atletas suspensos, com destaque para Ronda Rousey – nocauteada por Amanda Nunes – e Dominick Cruz, ex-campeões do Ultimate, suspensos por 45 dias cada um. Quatro lutadores, entre eles os brasileiros Alex Cowboy e John Lineker, foram suspensos por 180 dias.

A lista de suspensão, publicada pelo site “MMAjunkie”, ainda traz um gancho médico de apenas 30 dias para o agora campeão do peso-galo, Cody Grabrandt, que venceu Dominick Cruz por decisão unânime após cinco rounds.

Confira a lista completa de suspensões médicas do UFC 207:

Ronda Rousey: suspensa por 45 dias, sem contato com treinos por 30 dias por precaução;

Cody Garbrandt: suspenso por 30 dias, sem contato com treinos por 21 dias por precaução;

Dominick Cruz: suspenso por 45 dias, sem contato com treinos por 30 dias devido a laceração da sobrancelha esquerda;

John Lineker: suspenso por 180 dias ou até que seu maxilar fraturado esteja recuperado e liberado por um médico; independentemente, suspenso por 30 dias sem contato, sem contato com treinos por 21 dias por precaução;

Ray Borg: suspenso por 180 dias ou até que o seu tornozelo esquerdo esteja recuperado e liberado por um médico; independentemente, suspenso por 30 dias sem contato com treinos por 21 dias por precaução;

Louis Smolka: suspenso por 30 dias devido a lacerações perto de ambos os olhos;

Johny Hendricks: suspenso por 45 dias, sem contato com treinos por 30 dias devido a laceração do couro cabeludo;

Marvin Vettori: suspenso por 21 dias, sem contato com treinos por 14 dias por precaução;

Mike Pyle: suspenso por 60 dias, sem contato com treinos por 45 dias por precaução;

Niko Price: suspenso por 180 dias ou até que seu dedo principal do pé direito esteja recuperado e liberado por um médico; independentemente, suspenso por 30 dias, sem contato com treinos por 21 dias por precaução;

Alex Cowboy: suspenso por 180 dias ou até que seu nariz quebrado esteja recuperado e liberado por um médico; independentemente, suspenso por 60 dias, sem contato com treinos por 45 dias por precaução.

Fonte: Globo Esporte

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *