11 / 12 / 2017

Bruxa solta no Bota-PB: em 3 rodadas, Schülle perde 3 atletas por contusão

Botafogo já tem Carlos Renato, Sapé e Bruno Maia afastados por problemas físicos

A situação não tem sido fácil para o Botafogo-PB neste início de Campeonato Paraibano quando o assunto é contusão. Em três jogos pelo estadual, o Belo já perdeu três jogadores para o departamento médico. A baixa mais recente foi o zagueiro Bruno Maia, que torceu o tornozelo esquerdo no jogo contra o Sousa, no Estádio Marizão, no último domingo, e não tem previsão de retorno. Antes dele, o volante Sapé e o lateral-esquerdo Carlos Renato já tinham se machucado e estão desfalcando o time.

No jogo contra o Sousa, o zagueiro Bruno Maia foi retirado de campo após torcer o tornozelo esquerdo (Foto: Reprodução / TV Paraíba)

Sobre Bruno Maia, o departamento médico alvinegro confirmou nesta terça-feira que ele está fora do jogo desta quarta-feira, contra o CSP, pela quarta rodada do estadual. Ele foi submetido a um exame de ressonância magnética nessa manhã, mas os médicos do Botafogo ainda não tiveram acesso ao resultado. Ainda assim, o fisioterapeuta do clube, Wellington Almeida, confirmou que ele desfalca o time amanhã. Com isso, a dupla de zaga do Belo contra o Tigre deverá ser formada por Plínio e Gustavo Henrique.

Quem também é desfalque certo nesta quarta-feira é o volante Sapé, que sofreu um estiramento no joelho direito na última quarta-feira, quando o Belo perdeu para o Atlético-PB no Perpetão. Quem entrou em seu lugar na rodada seguinte foi o meia Tarcísio. De acordo com o fisioterapeuta botafoguense, por ora, ainda não há previsão de quando Bruno Maia e Sapé voltam a ficar à disposição do técnico Itamar Schülle.

– Os dois estão evoluindo bem. Sapé já entrou na fase de equilíbrio e fortalecimento da musculatura, mas Bruno Maia ainda está no tratamento com analgésicos. Por enquanto, é muito cedo para saber quando eles voltam a campo, mas é certo que não têm condições de jogo nesta quarta-feira – informou Wellington Almeida.

O caso mais grave, no entanto, é mesmo o do lateral-esquerdo Carlos Renato, que, na estreia, contra o Internacional-PB, no Almeidão, rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito, vai precisar passar por cirurgia e a previsão é de que fique seis meses afastado do futebol. O fisioterapeutaconfirmou que a cirurgia deve ser realizada ainda nesta semana.

Companheiro dos três jogadores lesionados, o goleiro Michel Alves lamentou a situação dos colegas de time e as consequências que esses desfalques causam ao grupo.

– Incrível. É uma perda grande. São guerreiros que foram para a batalha e sentiram. A gente não tem como controlar isso. Torcer para que eles se recuperem o quanto antes, porque são jogadores importantes – comentou o camisa 1 alvinegro.

Lateral-esquerdo, Carlos Renato se contundiu logo na estreia e vai passar por cirurgia no joelho direito (Foto: Lucas Barros / GloboEsporte.com)

Sem muito tempo para lamentar as perdas, o Botafogo-PB já enfrenta o CSP às 20h30 desta quarta-feira, no Almeidão. O Belo está na terceira colocação, empatado em pontos com o Tigre, com 6 pontos, mas perdendo para o rival no critério dos gol marcados. E Michel Alves espera uma partida equilibrada, com as duas equipes buscando a vitória e a liderança do estadual.

– Temos que colocar aquilo que a gente tem de melhor para buscar o resultado que nos interessa. O CSP da mesma maneira. Vão ser dois adversários se respeitando, buscando o mesmo objetivo. Vamos ter calma e concentração total para este jogo – finalizou o goleiro.

Vale lembrar que – assim, com Botafogo-PB e CSP – outros três times também têm 6 pontos, mas é o Atlético de Cajazeiras que lidera a competição. O Treze completa o G-4 na quarta colocação, e o Internacional aparece em quinto.

 

Fonte: GloboEsporte.com

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *