19 / 10 / 2017

Resumo da novela Os Dez Mandamentos de 15 a 23 de outubro

As últimas três pragas serão apresentadas ainda este mês na novela bíblica da Record

Água virando sanguerãs invadindo o reino, animais morrendo, úlceras aterrorizando e chocando o povo, chuva de fogos e granizo quase levando o Egito à extinção, essas foram apenas algumas das “pragas” que o Egito comandado por Ramsés teve que enfrentar até aqui devido a teimosia de seu rei. Mas isso não é tudo que Os Dez Mandamentos mostrará. Ainda faltam três pragas para Moisés, com ajuda de Deus, tentar a liberdade de seu povo. A boa notícia é que a Record resolveu “correr” um pouco com os capítulos, todas as três pragas serão apresentadas ainda em outubro.

A próxima a ser exibida é a invasão de gafanhotos, os insetos vão exterminar tudo que sobrou de alimentos após o fim da praga do fogo e do gelo. Depois é a vez da temidapraga que transformará o dia em noite e a noite em dia, fazendo com que tudo fique ainda mais confuso na terra de Ramsés, por fim, a pior de todas, a morte dos primogênitos, Deus levará a vida das as crianças do reino, até mesmo de Amenhotep, filho de Ramsés.

Após a triste décima praga, Ramsés se curvará e deixará enfim Moisés e seu povo partir rumo à terra proibida. Mas a decisão do rei não vai durar muito tempo, logo após Moisés, com a ajuda de Deus abrir o mar vermelho, o faraó muda de ideia e manda seu exercito atrás dos escravos. Para felicidade dos hebreus, Deus fecha o mar após eles atravessarem, levando a vida de todos que estavam-lhe perseguindo.

Na bíblia, essa parte fica em aberto, muitos historiados apontam que Ramsés vai com seu exercito e com isso morre afogado. Mas Sérgio Marone, interprete do personagem na novela da Record, disse em entrevista que ele não vai morrer, mas claro, vai pagar por sua teimosia.

Veja todos os resumos do mês de outubro da novela Os Dez Mandamentos

15/10/2015 – Nuvem de gafanhotos invade a ala egípcia e os insetos começam a devorar tudo

Resumo: Ramsés propõe que apenas os homens sigam para prestar culto no deserto. Moisés não concorda com a ideia e Arão diz que essa não é a vontade de Deus. Furioso, o faraó expulsa os irmãos do palácio e avisa que não tem acordo. Deus pede que Moisés dê início a nova praga. O libertador estende o cajado sobre a parte egípcia e um forte vento começa a assoprar. Chibale conta para Gahiji que algo estranho começou a acontecer na cidade. Pepy se assusta com a ventania e é protegido por Karoma. Ramsés sente a força do vento e teme o que está por vir. Nefertari ordena que Gahiji proteja todos os alimentos que tiverem na cozinha contra os gafanhotos.

Em reunião com os homens da vila, Moisés e Arão contam que apesar da resistência de Ramsés, todos devem manter a fé. Leila teme que Uri sofra com a nova praga e é consolada por Deborah. Moisés confessa para Arão que a descrença de Corá, Datã e Abirão o irrita mais que a teimosia de Ramsés. A sós no santuário, o rei ora para que os deuses protejam os campos do Egito.

Moisés pede que Deus lhe dê forças para encarar as consequências que virão com a nova praga. De repente uma nuvem de gafanhotos invade a ala egípcia e os insetos começam a devorar tudo. Ramsés vai até a varanda saber o que acontece e fica assustado com o que vê. Os insetos invadem o palácio e Ramsés tenta proteger Nefertari e Amenhotep com o próprio corpo. Pânico toma conta dos egípcios. Ramsés implora aos deuses que os gafanhotos deixem o Egito. Ramsés resolve ir até a vila dos hebreus e deixa todos tensos com a visita. O faraó se dá conta que os gafanhotos não atacaram os hebreus. O faraó pede então que encontrem Moisés. Ikeni bate na porta de Moisés e surpreende quando diz que o rei está do lado de fora. Ramsés diz a Moisés que dessa vez ele foi longe demais e todos ficam tensos.

16/10/2015 – Faraó pede perdão a Moisés e diz que pecou contra o Deus dos hebreus

Resumo: A tensão toma conta da vila dos hebreus com a comitiva do faraó. Moisés diz a Ramsés que avisou que uma nova praga aconteceria caso ele não cedesse. Atônito, o faraó diz que essa é a segunda vez em toda a sua vida que ele coloca os pés na vila dos hebreus. Emocionado, Ramsés diz que a primeira vez que esteve na vila foi para levar Moisés de volta ao palácio e diz que gostaria de mais uma vez leva-lo com ele.

Moisés diz que não é possível. Um sorri para o outro e todos trocam olhares de surpresa e alívio. O faraó pede perdão a Moisés e diz que pecou contra o Deus dos hebreus e surpreende o libertador pedindo para que ele ore e o livre da morte. Moisés então pede a Deus para que mande a praga para longe do Egito e cesse todo o mal. Uma forte ventania leva os gafanhotos embora para alívio de todos. Nefertari e Amenhotep ficam chocados ao descobrir que Ramsés foi até a vila dos hebreus.

Gahiji se desespera ao ver que todos os alimentos do palácio foram devorados pelos gafanhotos e diz que não tem nada para servir aos soberanos. Karoma conta a Nefertari que os insetos comeram tudo e a rainha se dá conta da gravidade. Bezalel decide apressar o casamento com Deborah e todos se propõe a ajudar nos preparativos. Nefertari fica chocada ao ver a destruição do jardim após a passagem dos gafanhotos. Corá avisa Apuki que o faraó esteve na vila dos hebreus.

Ikeni se mostra chateado com a reação do rei em não libertar os escravos e é amparado por Karoma. Nefertari vai até a cozinha e fica tomada de raiva ao ver que nada sobrou. Leila e Abigail decidem retribuir a ajuda que sempre recebeu de Gahiji e mandar mantimentos para eles. Moisés conta para Calebe, Joquebede, Miriã e Oséias que alguns egípcios têm se mostrado interessados em partir com os hebreus para Canaã. Nervosa com as atitudes do pai, Ana diz a Apuki que irá partir do Egito com os hebreus deixando o pai raivoso. Meketre proíbe Tais de procurar ajuda na vila dos hebreus. Datã, Abirão e Bina riem da desgraça dos egípcios e deixa Safira horrorizada com a atitude deles. Moisés diz a Arão que sente muita falta de Zípora e dos filhos.

Nefertari diz para Ramsés não desanimar. O faraó fala que mandou buscar comida em reinos vizinhos mas não sabe como irão sobreviver até que os mantimentos cheguem. As mulheres da vila preparam pães para entregar aos egípcios. Ana e Judite recebem ajuda de Joquebede. Elas pedem permissão para levar um pouco de pão para os filhos de Meketre e Joquebede assente generosamente. Oseias, Calebe, Hur e Zelofeade terminam de preparar a hupá para o casamento. Judite e Ana levam pães para Meketre, mas não são bem recebidas pelo egípcio. Ele resolve aceitar a comida e fica tocado com a generosidade das duas. Leila, Inês e Deborah levam pães para o palácio e pedem para Ikeni mandar um recado a Uri. Gahiji e Chibale separam os pães para serem distribuídos quando Nefertari entra na cozinha, sem saber que os pães foram entregues pelos hebreus. Gahiji conta então a verdade para a rainha e a deixa furiosa.

19/10/2015: – Nona praga toma conta do Egito

Resumo: Conforme anunciado por Moisés, a nona praga (Trevas) toma conta do Egito. Uma densa neblina se aproxima do Egito. Ramsés observa a cidade desaparecer em meio à escuridão.

20/10/2015 – O dia vira noite e as trevas deixam os egípcios apavorados

Resumo: O dia vira noite e as trevas deixam os egípcios apavorados. Tudo fica na escuridão e eles não conseguem manter nenhuma tocha acesa. Pânico toma conta do povo do Egito, que tradicionalmente tem medo de escuro.

21/10/2015 – Ramsés não liberta os hebreus e Moisés anuncia uma nova praga

Resumo: Com o final da nona praga e a truculência de Ramsés em não libertar os hebreus, Moisés anuncia uma nova praga. Todos são avisados, inclusive os hebreus. O libertador diz que todos, sem exceção, devem se preparar.

22/10/2015 – Hebreus se preparam para a décima praga

Resumo: Hebreus se preparam para a décima praga (A Morte dos Primogênitos). Conforme anunciado por Moisés, todos devem sacrificar um cordeiro e marcar a fachada de cada casa com o sangue do animal, com o objetivo de proteger os primogênitos daquela família.

23/10/2015 – Amenhotep é atingido pela décima praga

Resumo: Amenhotep, o filho do faraó Ramsés e da rainha Nefertari, é atingido pela décima praga e morre, para desespero do faraó. A partir dessa praga, o faraó decide, finalmente, libertar os escravos.

A Record ainda não divulgou o resumo de Os Dez Mandamentos do dia 24 de outubro em diante.

 

Fonte: Diário 24 horas

Related posts

1 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *