11 / 12 / 2017

Um lugar diferente com característica extremamente alegre “São Luis”

São Luis é uma cidade com algumas características diferentes: a única no Brasil fundada por franceses (ocupada por holandeses e colonizada por portugueses) tem a maior quantidade de casas com azulejos portugueses da América e mesmo sendo nordeste é junto a Amazônia.

20141103_100310

Uma cidade extremamente alegre. Muitos bares com musicas ao vivo (principalmente na Lagoa do Jansen), enormes festas com reggae (as radiolas com seus paredões de som que acredito “da para escutar até na Jamaica”), inúmeras manifestações culturais (destaco o Bumba Meu Boi e o Tambor de Criola) e um povo sempre simpático e sorridente.

Águia37_resize

Passei pelas estreitas, e de pedras, ruas do Centro Histórico (pena que novamente esteja um pouco decadente) e siga esse roteiro preparado pelo Guia 4 Rodas: A caminhada pode começar na Rua do Sol, que abriga o Museu Histórico e Artístico do Maranhão e o Teatro Arthur Azevedo, com vistosa fachada cor-de-rosa. Dali, atravesse a Rua do Egito e siga para a parte mais baixa da cidade, onde estão as mais bem-preservadas construções revestidas de azulejos. À primeira vista, sua função pode parecer puramente estética, mas, na verdade, os portugueses forraram as paredes para ajudar a diminuir a temperatura interna nos casarões. Em seguida, visite a Matriz da Sé, a Casa de Nhozinho e o Palácio dos Leões. A Casa das Tulhas, na Rua da Estrela, é um bom ponto final: aqui você encontra quitutes típicos do estado para levar para casa.

Ao final tome um Guaraná Jesus com sua característica cor de rosa, que de tanto vender no Maranhão e no norte do país, a Coca Cola comprou para fechar a fábrica, porém ao tornar-se patrimônio cultural nacional ficou impossibilitada e resolveu só vender no estado do Maranhão. Ah! E seu nome é Jesus, pois esse era o nome do inventor da formula.

Não deixe de ir também a Lagoa do Jensen que depois de urbanizada abriga parques, inúmeros bares e restaurantes e as praias do seu litoral. Principalmente as do Calhau, Ponta da Areia, do Caolho e a sempre cheia Olho d’água.

14083088899_cf33216351_b

Aproveite, perca o medo, e pegue um barco para conhecer Alcântara, dependendo do vento e da época, é de um chocoalhar muito grande. Oferecem até dramim (remédio contra enjoo) a você. Graças a Deus sou resistente a esses tipos de viagens. Mas ao chegar lá,ao  vale a pena conferir tudo que a cidade oferece de bom: mesmo estando em um estado de abandono, Alcântara que foi uma das cidades mais aristocratas do norte do Brasil ainda mantém o seu encanto com seus solares e casarões. E coma bastante doce em espécie que é como eles chamam um doce delicioso feito com coco.


E já que falamos em comida não deixe de provar em São Luis o arroz de cuxá, caldeiradas, arroz de toucinho ou arroz de Maria Isabel, além de suas fritadas bem como as caranguejadas. Tudo é lógico ao dulcíssimo Guaraná Jesus ou de uma aguardente fortíssima de cor azul, feita de mandioca chamada Tiquira.

 

Por ai A Fora com o Eu Tô Na Mídia PB

Fotos: Jacinto Dantas e da internet para divulgações turísticas / Redação Jacinto Dantas

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *